1 de setembro de 2016

Resenha || Super Desapegada, de Jaqueline de Marco

Olá, meus amores. Tudo bem com vocês?

Quem ainda não conhece o livro Super Desapegada, da escritora Jaqueline de Marco, lançado pela Editora Draco, por favor leia. O livro é incrível e é um dos melhores romances que eu já li.

INFORMAÇÕES:

Autora: Jaqueline de Marco
Páginas: 220
Ano: 2015
Editora: Draco
Adicione: Skoob
Compre: Amazon
Exemplar cedido em parceria com a Editora Draco.







O livro começa mostrando o passado de Raquel. Voltamos ao tempo que ela estava na sua festa de 15 anos e sem querer, Eric derruba um pedaço de bolo no seu vestido. A garota fica arrasada e vai se esconder entre um carro.

Enquanto chorava, seu melhor amigo Alan veio consolá-la e tentar convence-la a voltar para a festa. E é ali que o principal tema da história acontece. Raquel se apaixona pelo seu melhor amigo e sente vontade de beija-lo, porém acaba não fazendo.

Indo para o futuro, agora no dia do seu aniversário de 30 anos, Raquel continua apaixonada pelo seu melhor amigo. Ela trabalha na Marco, uma agência de comunicação, na cidade de São Vicente, em São Paulo. Além disso, é uma blogueira famosa, porém anónima, que escreve dicas de relacionamento e desapego em um blog chamado Super Desapegada. Contraditório é que ela tem um blog sobre desapego e relacionamentos e está a 15 anos apaixonada, sem nunca contar para Alan. 

Ao chegar na agência, Raquel ver um enorme buquê de flores para ela que foi dado por seu melhor amigo. Ela organizou uma festinha em uma boate a noite e decidiu que se declararia para Alan.

Já na festa, a personagem está cada vez mais ansiosa para a chegada do seu amigo, porém, quando ele chega, ele não está sozinho. Alan vem acompanhado de uma mulher e ao apresenta-la a aniversariante, ele diz que ela é Bianca, sua vizinha de infância e irmã de Eric e que eles estão noivo. Raquel fica chocada com a novidade e com o coração despedaçado. 

Depois de toda a notícia, a garota é convocada para ajudar na organização de um evento de uma importante agência de jogos, a Crazy Games. Quando ela vai entrevistar os donos, descobre que um deles era Eric, seu vizinho quando era criança e aquele que jogou bolo no seu vestido do aniversário de 15 anos.

Coincidência ou não, Eric odeia Alan e odeia mais ainda o fato que ele vai se casar com sua irmã. Em uma reunião de família, ele demonstra o quando odiou essa rapidez com que tudo acontece e Raquel decide se aproveitar disso e se aliar a ele na missão de separar os noivos. 

Só que ela não imaginava o rumo que toda essa história iria tomar...

Super Desapegada me prendeu do início ao fim. A história é bastante diferente de vários romances que eu já vi e isso foi um dos muitos motivos para eu ter amado. Além disso, é um livro curto e rápido, mas que se desenvolve de forma maravilhosa.

Amei a personagem de Raquel. Personagem forte, bonita e elegante, porém seu único defeito é não conseguir se desapegar ou se declarar para Alan. Mas ela mostra que vai lutar por ele, não importa o que tenha que fazer para conseguir isso.

Alan é um personagem que eu não sei dizer se gosto ou não dele. Durante o início do livro, eu adorava ele por ter apenas visto com o olhar de Raquel. Quando li os capítulos no qual Eric era o narrador, achei que ele não poderia ser tão perfeito assim e em algumas partes cheguei a me decepcionar também. Analisando-o de um modo geral, acho que eu gosto sim dele, porém não tanto quando durante o início do livro.

Impossível fazer uma resenha do livro e não falar sobre Eric. Minha primeira impressão sobre ele foi horrível, devo admitir. Achei que ele fosse do tipo pegador e que seu único objetivo é chatear Raquel, que ele apelidou de magrela na infância. Porém, com o passar dos capítulos, fui me apaixonando e começando a entender suas atitudes. Na minha opinião, um dos melhores personagens do livro.

Na agência onde Raquel trabalha, ela fez amizade com Ian, um amigo maravilhoso, gay e que todas as mulheres queriam ter (eu quero kk), e Gabriela. Eles são fundamentais por conta dos conselhos e por sempre mostrar a verdade para a personagem, além de serem muito engraçados.

Analisando o livro por inteiro, a história é incrível, descontraída e com personagem bem característicos e interessantes. A escrita da Jaqueline é muito boa e gostosa, deixando a leitura agradável. Fiquei apaixonada por Super Desapegada e de cara ele se tornou o meu livro favorito. Já estou até com saudades e doeu meu coração quando finalizei a leitura. Pretendo reler em breve.

Minha Nota:

Depois dessa resenha enorme, espero ter conseguido convencer vocês a ler Super Desapegada. E é isso, amores. Espero que tenham gostado.

Um grande beijo e até mais!

10 comentários:

  1. Carol, que linda sua resenha! Fiquei até emocionada!
    E estou muito feliz que tenha gostado do livro.
    Um beijão! Sucesso para o blog, que é lindíssimo!
    Fica com Deus!
    Jaqueline de Marco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jaqueline. Fico muito feliz que tenha gostado e se emocionado :D
      Ele realmente é maravilhoso! Parabéns.
      Beijos e obrigada!
      Amém!

      Excluir
  2. Oi Carol!
    Adoro um chick lit, só não estou para eles no momento.
    Achei a história da Raquel muito legal. Parece super fofa :) KKKKKKK e ri com suas impressões do personagem masculino. Acho q isso é bom, de certa forma, porque faz com que você se choque com a realidade do personagem.
    Não conhecia nem a obra nem a autora, mas fico feliz que tenha te agradado tanto. Por hora, vou passar a dica. Quem sabe um dia eu não vá conhecer.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá David.
      Eu entendo perfeitamente kkk'
      Sério? Fico feliz kkk' Realmente.
      Eu espero que se interesse pelo livro futuramente, porque é maravilhoso.
      Beijos!

      Excluir
  3. Que legal, não conhecia. Gosto de livro leve assim, leitura despretensiosa e bonitinha pra distrair entre um livro pesado e outro. Gostei.
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  4. Oiii Carolina, como vai?
    Infelizmente dessa vez a obra em si não despertou meu interesse e pretendo pular a dica, mas preciso dizer que sua resenha ficou um arraso, além do mais achei aquele tipo de livro para ler lido depois de uma ressaca louca, leria por causa disso apenas huahauahu.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Adorei a obra! Gosto muito de romances assim e realmente a leitura parece ser muito rápida e gostosa, então vou adicionar na minha lista de leituras para conseguir ler em breve. A capa eu achei bem bonitinha também, me chamou a atenção.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. E convenceu! Vou tirar print para poder lembrar de colocar na wishilist infinita hahaha Adorei a sua resenha! Gostei muito mesmo, parabéns.
    A história parece ser divertida e eu não esperava isso. A capa não me chamou a atenção, e parece livro de YouTuber ><
    Beeijos

    ResponderExcluir
  7. Não sou muito fã de histórias que envolvem separar casais, por mais que isso faça sentido durante a leitura, não é muito a minha praia. Mas, pela sua resenha, esse livro me pareceu interessante - muito pelo que você comenta da escrita da autora e mais pelo que comenta sobre os personagens. Isso me fez pensar que deve valer a pena dar uma chance para essa leitura. Quem sabe eu não curta tanto quanto você, não é mesmo?
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi!!
    Não conhecia o livro. Eu decididamente quero esse livro, menina você consegue conquistar os leitores com essa sua resenha, amei a história da Raquel e quero poder conferir tudo sobre ela e os outros personagens. Já quero conhecer Ian, amigos como ele são sempre preciosos.
    Amei a dica de leitura, vou anotar e procurar.
    Beijão!

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar o Delírios Literários da Snow. Não deixe de comentar e seguir o blog. Beijos :*

© Delírios Literários da Snow - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Beauty Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo