29 de agosto de 2016

Resenha || Correntes do Passado, Tuka Vilhena

Título: Correntes do Passado
Autor: Tuka Vilhena
Editora: HighLands
Ano: 2013
Páginas: 267

Do alto de um desfiladeiro um procurado da justiça despenca nas águas turbulentas do Llano. Subjugado por algemas, o sangue se esvai do corpo jovem e sua redenção começa pelas mãos de um homem desesperado, cuja honra duela com a necessidade de proteger as mulheres a quem ama. Mulheres indomáveis, resistentes como as flores que nascem entre as pedras do caminho trilhado pelos antepassados que desbravaram o oeste.
Um homem em busca da verdade e uma mulher determinada a proteger a família... A descoberta do verdadeiro significado da confiança, coragem, honra, redenção, amor e justiça em uma surpreendente história de amor que transformou a vida de toda uma comunidade, em meio ao velho oeste americano.


Olá, leitores! Hoje venho trazendo a resenha de um romance super legal. Quer saber mais? Vamos lá. 


Este livro conta a história de um assaltante de banco super renomado, seu nome é Thomas Downey. Depois de um assalto, que não deu muito certo, na cidade de Cold Water, ele se põe a fugir da polícia com seus comparsas. O que ele não sabe é que o xerife Glenn Murrin é um homem irado, vai atrás dele para capturá-lo. Thomas acaba sendo pego pelo xerife, mas como Thomas é um cara brutal e feroz, ele fica o tempo todo bolando planos pra poder fugir das mãos do xerife. Thomas não aceita seu destino, que é ser enforcado, ele é orgulhoso e prefere mil vezes fugir do que ser morto pelas mãos da justiça. E não é que acaba dando certo? Mesmo ferido, acabado e de mãos atadas ele acaba conseguindo fugir ao se jogar no Rio Llano.


"Aqueles homens haviam aterrorizado por tempo demais a região e com certeza tinham se metido com o xerife errado."

Em outra perspectiva da história, Aaron Weaver, um fazendeiro, está nas marges do Rio Llano pensando em como ele não aguenta mais lidar com os negócios da fazenda e em o que ele vai fazer pra solucionar todos seus problemas, avista um homem boiando no rio e o resgata. Logo de cara, ele desconfia que o homem não seja boa pessoa, pelos machucados e pelas mãos atadas, Aaron deduz que o homem seja algum ladrão fugitivo. Apesar disso, Aaron o retira do rio e cuida de sua saúde e de suas feridas e ao perceber que o jovem ao acordar não se lembra de nada, ele vê a resposta para os seus problemas. 

Aaron vive com sua esposa e sua neta, Esther, que desde a morte dos pais, vive com eles. Ameaçado de perder a sua fazenda, o lugar onde viveu por tantos anos, e preocupado com o futuro de sua neta, ele inventa a história de que o homem que ele havia encontrado no ria se chama Joshua e que ele havia assaltado Aaron, mas que havia levado um tiro durante a fuga. Aaron o convence da história, de que havia cuidado dele apenas por piedade e que assim que fosse possível, ele o entregaria ao xerife, mas que antes disso acontecer, Joshua (no caso, Thomas) seria obrigado a prestar serviços a família Weaver como forma de agradecimento. Joshua ficou muito magoado por descobrir a sua real índole, mas decide levar uma nova vida depois.

Aaron conta toda a história inventada para Sarah, sua esposa, e Esther. Ele só chega a contar tudo para Sarah depois e os dois decidem esconder a verdade de Esther. Sarah fica surpresa com a história que Aaron inventou, mas permite que ele continue com o plano. Já Esther não entende o motivo de o avô ter colocado um completo estranho dentro de casa e começa a implicar com a presença de Joshua. 

Sarah percebe a atitude de Esther diante de Joshua e exige que Aaron conte toda a verdade para todos, ou seja, Aaron, na verdade, não sabe de nada sobre Joshua, se ele era ou não era um ladrão, de onde ele vinha e nem mesmo seu nome verdadeiro. Joshua desvenda a mentira que Aaron havia inventado e fica extremamente irado consigo mesmo, afinal, ele achava que havia descoberto algo sobre si, mas agora estava incerto sobre pra onde iria e o que ele realmente era. 

Tudo o que Josua quer é descobrir quem ele realmente é e tentar se desfazer de todas as coisas ruins que ele já foi, tentar se refazer e viver uma nova vida. Ao longo da narrativa em terceira pessoa, nós também vamos acompanhar a jornada de redescoberta de Thomas (ou Joshua) e vamos presenciar o amor que nasce entre Esther e Thomas. 



Esse livro me surpreendeu de forma muito positiva, eu não esperava me envolver tanto assim com a narrativa, mas eu me envolvi. Acompanhar o amor de Esther por Thomas nascer em circunstâncias desfavoráveis foi muito bom. 

A autora Tuka soube desenvolver muito bem as cenas de ação e os momentos de tensão. Até mesmo os momentos mais íntimos de Esther e Thomas foram descritos de forma bem leve e fluída, deixando o romance muito mais atraente. Encontrei alguns errinhos de revisão na edição, mas isso não me fez desistir do livro, pois eu estava muito encantada com a narrativa. Correntes do Passado é uma daquelas leituras bem rápidas e que te faz ficar com um gostinho de quero mais. 

Espero que tenham gostado da resenha! Beijos!

Minha Nota


12 comentários:

  1. Olá,
    É bem interessante ver a forma como as vidas dos personagens irão se interligar e acredito que tenha sido bem legal acompanhar o nascimento do romance entre Esther e Thomas em tais circunstâncias.
    Parece ser um livro cativante de desde a sinopse, já fiquei super interessada! Espero poder me aventurar em breve.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra em si não me atraiu e irei pular a dica, mas preciso dizer que sua resenha ficou um arraso <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi, mesmo gostando da sua resenha, eu não gostei da historia, não consegui me sentir atraida pelos personagens e a premissa eu achei fraca, por isso, vou deixar passar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  4. Parece uma história bem legalzinha, para você ler em um final de semana. Eu imagino que inicialmente Thomas deve ter percebido que algo devia está errado, já que muitas vezes, mesmo que as pessoas percam a memória, elas quando algo não está certo. E também creio que para Esther, não deve ter sido fácil não, já que ela estava se apaixonando por um homem com características bem diferentes daquelas que eles realmente eram, e pior, ainda mentindo para ele O Pequeno Leitor

    ResponderExcluir
  5. Nossa esse livro pelo visto contém uma bela aventura com assaltos e perseguições. Olhando a capa dele eu não imaginava que ele era assim. Mas me despertou o interesse em saber mais sobre a trama conhecer melhor um romance que também rola na história. Talvez eu dê uma chance.
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bom?
    Adorei a sua resenha, não conhecia o livro, mas me parece ser uma leitura bem fluida e intrigante. Adorei a capa do livro também, esse esquema de cores ficou incrivel.

    Bjux ;)
    entrelinhasalways.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Amanda!
    Interessante a premissa do livro; à princípio imaginei que fosse apenas mais um faroeste, rs, mas depois ao entrar o contexto da família de Aaron a história pareceu realmente ficar interessante. Complicado isso de personagens que perdem a memória, coitado do Thomas ao se ver de repente sem saber que é, depois de ter sido alguém tão bruto e destemido anteriormente ao fugir até mesmo da morte.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda, tudo bem?
    Achei a temática do livro bem interessante essa mistura de elementos familiares com a busca por saber quem de fato é Joshua/Thomas deram um toque bem diferente ao enredo. A capa deixa uma ideia totalmente diferente do que de fato é o conteúdo do livro, apesar do título ser mais expressivo, ainda assim não consegui me conectar ao livro pela capa. Ainda bem que existem as resenhas, vou anotar a dica aqui parece ser uma boa leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro livros com perda de memória, é sempre interessante ver como o personagem ira seguir a partir disso. Eu ainda não conhecia essa obra, mas pela sua resenha fiquei bem curiosa para conferir. Adorei saber que tem bastante ação! E a capa é bastante bonita, mesmo sendo simples.
    beijos
    http://www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  10. Olá! Adoro livros com bons dramas, romances fortes e cheios de ação. Deve realmente ser uma delícia acompanhar o nascimento de um romance, mesmo em circunstâncias não tão favoráveis assim. Se as cenas íntimas são descritas de forma leve, fico ainda mais curiosa pela leitura. A ansiedade gostosa gerada no leitor por cenas de ação e tensão deve marcar a obra. Os errinhos podem ser consertados em uma próxima edição! Valeu a dica!
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi flor, eu não gostei muito da obra, ficou muito confusa pra mim e sem aquele toque que leria, acho que foi muito complexo e to fugindo disso ultimamente. Desta vez passo a dica.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  12. Oi Amanda!
    Não conhecia o livro e logo que comecei a ler sua resenha fiquei interessada. É uma trama diferente de tudo que já li, apesar de ter algumas características que encontramos em diversos romances por aí.
    Fico feliz que a trama tenha te surpreendido, tão bom quando isso acontece, né?
    Acho que eu leria, parece ser uma história bem bonitinha com bons protagonistas. O fato de um dos personagens ter perdido a memória deixou tudo bem mais interessante, é um diferencial entre os romances. Gostei!
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar o Delírios Literários da Snow. Não deixe de comentar e seguir o blog. Beijos :*

© Delírios Literários da Snow - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Beauty Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo