22 de agosto de 2015

Resenha: A Mais Pura Verdade de Dan Gemeinhart

Olá meus amores! Tudo bem com vocês?
A resenha de hoje é sobre o livro A Mais Pura Verdade, que eu li na Maratona Literária da Inverno e foi um livro que eu gostei bastante.


Informações

Autor: Dan Gemeinhart
Editora: Novo Conceito
Páginas: 219
Ano: 2015
ISBN: 978-85-8163-633-7





Mark está saindo de casa acompanhado do seu fiel amigo, seu cachorro Beau. Ele quer escalar uma montanha. Ele leva sua câmera fotográfica, um caderno e uma caneta para escrever haicais, equipamentos de alpinismo, passagem de trem só de ida e remédios. Sim, Mark é um garoto doente.


Ele precisa tomar a sua medicação e precisa ir para o hospital. Porém, por estar cansado disso, ele resolve viver uma aventura, que é escalar uma montanha e não tem planos para voltar. Seus pais ficam desesperados por não acharem ele em lugar nenhum e chamam a polícia. Jessie, melhor amiga do garoto, sabe onde ele está. Mas ela não sabe se deve trair a confiança do amigo ou tentar salva-lo.



A Mais Pura Verdade é uma história curta e rápida. Por só ter 200 páginas e ter a letra grande, eu li bem rápido. O autor escreveu muito bem a história e eu me envolvi com os dilemas do personagem.


Uma coisa que eu achei muito legal no livro, é que você vai descobrindo aos poucos o porquê do Mark ter fugido e o porquê ele escolheu escalar a montanha. Eu fiquei chocada com algumas informações sobre o garoto e meio triste ao mesmo tempo.


O final é destruidor. Chorei muito. Primeiro porque você já sabe porque ele escolheu a montanha e um segundo motivo para ele ir. Então você já imagina o que vai acontecer. Mas o autor te surpreendi e aí que você fica com o coração na mão, torcendo pelo menino.


Além dos capítulos normais, o autor colocou alguns entre um capítulo e outro, por exemplo, entre o capítulo 01 e 02 tem o capítulo 1 1/2, com a visão da Jessie. Achei isso bem legal, pois além de acompanhar o Mark, acompanhamos a garota também.

O único ponto negativo do livro é a repetição da frase "Essa é a mais pura verdade". Em cada página tem essa frase, principalmente do meio para o fim, o que me deixou meio chateada. Ficou muito repetitivo e na minha opinião, estragou um pouco o livro.


Minha nota:




E por hoje é só amores, espero que tenham gostado.

Beijos e até mais :*
"É como se, sei lá, eu levasse um pedaço de vida comigo. Todas essas coisas acontecem, todos esses pequenos momentos passam por nós e vão embora. Então você vai embora. - Inspirei profundamente e expirei no vidro da janela. - Mas, quando você tira uma foto, aquele momento não passa. Você o prende. É seu. Você pode guardá-lo." (A Mais Pura Verdade, p. 80)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o Delírios Literários da Snow. Não deixe de comentar e seguir o blog. Beijos :*

© Delírios Literários da Snow - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Beauty Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo