15 de abril de 2015

Livro: Pedagogia da autonomia de Paulo Freire


 Minha professora de Psicologia da Educação, passou o mês de março e quase a metade do mês de abril falando sobre o livro de Paulo Freire, Pedagogia da Autonomia. Lemos os 3 capítulos, 1 capítulo para cada semana para discutirmos em sala. Além disso, a prova foi baseada nesse livro.
  Quem faz o curso de letras já deve ter ouvido algum professor comentar sobre ele em sala de aula, ou até já leu. É um livro recomendado para professores e por isso é sempre comentado por algum professor do curso. Mas vamos a resenha.
  O livro de Paulo Freire fala sobre diversos tópicos que os professores devem saber e seguir em sala de aula. O ponto principal do livro é o que me chamou mais atenção e que mudou minha visão sobre a função do professor. Na primeira ou na segunda aula de Psicologia da Educação, não me recordo bem, minha professor mandou cada aluno responder o que é ensino e o que é aprendizagem. Na primeira questão eu coloquei que ensinar era transferir conhecimento e, quando eu li para minha professora ela me disse que eu mudaria minha opinião sobre isso e sim, eu mudei minha opinião.
  Ensinar não é transferir conhecimento, e sim possibilitar que o aluno tenha sua própria construção. É você mostrar um caminho ao aluno e ele, por conta própria, ir mais além usando a curiosidade. Com isso, o aluno evita o falso aprender, que acontece quando você transmite o conhecimento.
  Além disso, Paulo Freire fala que diversas outras coisas como o professor pensar certo, sobre o que o professor deve ou não fazer em sala, sobre a questão das experiências que o aluno tem e trás para escola, enfim, muitas coisas que devem ser usadas e pensadas.
  Porém, Freire idealiza uma educação que na prática é totalmente diferente. Chega a ser difícil de se aplicar em sala de aula. Seria incrível se o que o autor escreve no livro fosse verdadeiro. Mas no momento que você vai para um sala de aula como professor, você vê como é difícil aplicar essa educação sugerida no livro. E outra crítica, é que ocorre muita repetição nos capítulos, mais na intenção de você aprender, porém torna o livro um pouco chato.
  Mesmo com os pontos negativos, é um livro que deve ser lido e discutido pelo professor.

Informações do livro

Título: Pedagogia da Autonomia
Autor: Paulo Freire
Editora: Paz e Terra
Páginas: 146



Espero que tenham gostado. Beijos :*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o Delírios Literários da Snow. Não deixe de comentar e seguir o blog. Beijos :*

© Delírios Literários da Snow - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Beauty Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo